PUBLICIDADE

O cantor Anderson Leonardo, 51 anos, vocalista do grupo de pagode Molejo, teve uma piora no seu estado de saúde, que é considerado gravíssimo. Ele voltou a ser internado, na última segunda (22), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Unimed-Rio.

O pagodeiro vem tratando de um câncer inguinal desde 2022. Uma campanha de doação de sangue para Anderson foi divulgada na conta do Instagram do Molejo, na última terça (23). Ele havia sido internado anteriormente em março, para tratar de um quadro de insuficiência renal. No quarto, foi submetido a imunoterapia e tratamento para dores.

Histórico
Anderson Leonardo foi diagnosticado com câncer inguinal em outubro de 2022 e se submeteu a tratamento imediatamente. Em dezembro daquele ano, foi anunciada a cura do câncer.

No entanto, quatro meses depois, maio de 2023, o artista anunciou a retomada do tratamento, devido a um inchaço na região. Após a realização de uma punção no local, Anderson seguiu com quimioterapia.

De lá para cá, o cantor voltou alguma vezes ao hospital: em setembro de 2023, ficou internado na CTI durante 11 dias, para tratar uma embolia pulmonar; no final de fevereiro deste ano, foi internado quando passou mal, ao sentir fortes dores, após um show; naquele mesmo mês, foi submetido a um bloqueio do plexo nervoso gástrico, para tratar de dores crônicas.

Voltou ao hospital em março, para tratar de uma insuficiência renal e havia recebido alta no último dia 11 de abril, retornando à internação nesta segunda (24).

Por duas vezes, o Molejo teve que desmentir boatos da morte de Anderson Leonardo.

Folhape

PUBLICIDADE