PUBLICIDADE

Em clima de música, arte e cultura, a 32ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) está prestes a encantar multidões. Nesta quinta-feira (11), acontece a abertura oficial do maior festival multicultural da América Latina. O evento segue até o dia 28 de julho e neste ano acontece sob a gestão da Prefeitura Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, e conta com o patrocínio do Ministério do Turismo e do Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Empetur; além do apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A expectativa é que 1,8 milhão de pessoas passem pela cidade durante os 18 dias do evento, proporcionando um retorno econômico de aproximadamente 180 milhões de reais para o município. A taxa de ocupação dos hotéis, pousadas e casas para alugar é superior a 90%, registrando índices de 100% nos finais de semana.

A programação conta com aproximadamente 500 atrações distribuídas entre 22 polos, com música, circo, dança, teatro, poesia, literatura, artes visuais, fotografia, audiovisual, oficinas e outras linguagens culturais. Garanhuns vai receber artistas de todas as regiões do país, sendo a maioria selecionada por meio de editais convocatórios da Secretaria de Cultura, que contaram com quase 2 mil inscritos. Além da curadoria e contratação artística, a Secretaria de Cultura também é responsável pela coordenação geral do evento, atuando na logística e organização do FIG.

Durante os próximos dias da programação, a Secretaria de Saúde de Garanhuns vai atuar na Praça Mestre Dominguinhos com pronto atendimento, disponibilizando equipes de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e profissionais de saúde para atender a população. O Parque Euclides Dourado também contará com ações da Secretaria de Saúde de Garanhuns. O espaço terá uma estrutura similar à da Praça Mestre Dominguinhos, com profissionais de saúde aptos para atendimento durante as tardes e também durante as programações do Palco Pop e Palco do Forró.

Pensando na qualidade dos produtos oferecidos em todo o festival, a Vigilância Sanitária atuará com 13 fiscais, que vão monitorar o acondicionamento e validade de alimentos e bebidas na área interna e externa de todos os polos, durante as tardes e noites do evento.

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos disponibiliza este ano o ‘Camarote da Acessibilidade’, com capacidade para receber até 46 pessoas por noite. O espaço será destinado exclusivamente às pessoas com deficiência. Outro local específico, que será voltado para atendimento e acolhimento de crianças dos profissionais que estejam comercializando durante o FIG, foi montado na sede do Centro de Especialidades da Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc). O serviço contará com atendimento de educadores, assistentes sociais e outros profissionais.

Como evento multicultural e conscientizador, o Festival de Inverno de Garanhuns, através da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Garanhuns, vai contar com abordagens sociais nas seis portarias da Praça Mestre Dominguinhos, além de blitzes de conscientização em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS), que acontecerão na entrada da cidade e no Parque Euclides Dourado, entre outras ações.

A Secretaria da Mulher de Garanhuns também atuará fortemente para coibir atos de violência e assédio contra a mulher. Ações educativas e de orientação serão realizadas durante o período do FIG, incluindo uma blitz em parceria com a Patrulha Maria da Penha, em vários pontos da cidade. A secretaria também realizará a campanha “Ei, moça”, uma iniciativa que distribuirá cartazes por bares e restaurantes com números de emergência para mulheres que estejam em situação de violência.

Também será montada no Parque Luiz Carlos de Oliveira a Casa Lilás, um ponto de acolhimento e orientação. No local, as mulheres poderão ter acesso a informações sobre atendimento jurídico e psicológico e onde encontrar apoio. A Secretaria Municipal de Educação estará à frente da coordenação e promovendo uma programação exclusiva com escolas da Rede Municipal de Ensino no Espaço da Palavra, no Parque Luiz Carlos de Oliveira.

A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Garanhuns traz mais uma vez o projeto Guardiões Ambientais. A iniciativa promove a sustentabilidade ambiental através da coleta seletiva dentro do evento. Durante a programação, profissionais que atuam como recicladores de resíduos sólidos vão receber fardamentos, alimentação, equipamentos de proteção individual (EPIs) e, ao final de cada noite, poderão revender o material coletado a uma Associação de Catadores de Resíduos Sólidos parceira do evento.

A segurança do evento conta com apoio da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte (AMSTT), que atuará em uma central de videomonitoramento na Praça Mestre Dominguinhos, com 35 câmeras, que serão instaladas nos acessos, no interior da praça e também no Parque Euclides Dourado.

Além disso, a AMSTT também terá um efetivo de 67 guardas municipais e agentes da AMSTT por dia, nos diversos polos do festival. Os profissionais vão atuar no controle de trânsito, orientação a pedestres e motoristas, além da realização de rondas ostensivas e preventivas. A população poderá entrar em contato com a Autarquia através do número 153.

IDENTIDADE VISUAL – A identidade visual do 32º Festival de Inverno de Garanhuns é assinada pela pintora e ilustradora Bella Galvão. Seu trabalho transita entre o figurativo e abstrato, reunindo elementos de sua formação pessoal, bem como das manifestações culturais nordestinas. Para o FIG, a proposta envolve um contraste de cores que remetem ao frio e à flora, bem como estampas e elementos influenciados pela tropicalidade brega de Rossi.

MÚSICA – Além da Praça Mestre Dominguinhos, outros polos estarão abrigando as apresentação musicais, entre eles o Palco Estação, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, que vai contar com apresentações musicais intimistas, bem como o Palco Pop e Palco Forró Zé da Macuca, na rua Maria Ramos (próximo ao Terminal Rodoviário); e Palco Instrumental Paulo Rafael, no Parque Ruber van der Linden.

CULTURA POPULAR – O Palco de Cultura Popular Ariano Suasssuna vai reunir, de 19 a 27 de julho, atrações de diversos municípios pernambucanos, entre elas Patrimônios Vivos de Pernambuco, como o Mestre Galo Preto, Banda de Pífanos Folclore Verde do Castainho, Cavalo Marinho Boi Pintado e Caboclinho Canidé de Goiana.

CASA DOS SABERES – Diversas oficinas serão promovidas na Casa dos Saberes, localizada na Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga). O espaço contempla por meio da formação, diversas linguagens artístico-culturais como música, audiovisual, fotografia, gastronomia, entre outros.

VIRTUOSI NA SERRA – Após um ano de interrupção no FIG, a música erudita volta a protagonizar o XVII Virtuosi na Serra, que contará com programação no período de 19 a 27 de julho. O polo será realizado no Seminário São José e conta com a curadoria de Ana Lúcia Altino.

SESC E SEBRAE – O Centro Cultural do Sesc Garanhuns vai contar com uma série de ações voltada para as linguagens de audiovisual, dança, teatro adulto, alternativo e infantil. Já no Parque Euclides Dourado, a parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) segue mantida para realização de mais um ano do Armazém das Artes e Negócios, com espaço destinado à comercialização de produtos do artesanato pernambucano.

A programação completa está disponível a seguir:
https://docs.google.com/document/d/1OkhfByw1VJ58EZ1a9uKIgDuACK5OHSsBIWJqsstI54s/edit?usp=sharing

PUBLICIDADE